sexta-feira, 31 de agosto de 2012

TRATANDO DOR CEVICAL COM ACUPUNTURA

A coluna cervical se localiza no pescoço entre a parte inferior do crânio e a superior do tronco no nível dos ombros, é composta de sete ossos sobre-postos que são as vértebras. Estas estão unidas por estruturas chamadas ligamentos, músculos e por elementos que preenchem o espaço entre elas são os discos intervertebrais No interior da coluna cervical encontramos o canal vertebral por onde passa a medula espinhal, que comanda todos os nossos movimentos e sensações, ela é o nosso elemento de ligação corporal com o meio ambiente. Nesta região a medula emite 8 raízes nervosas que se ramificam para a cabeça, pescoço, membros superiores, ombros e parte ântero-superior do tórax. A região cervical é dotada de grande mobilidade permitindo movimentos de 130° na flexão e extensão, rotação de 81° para cada lado e inclinação de 45º sobre os ombros. Devido a esta mesma mobilidade a coluna cervical sofre mecanicamente pelos esforços que é submetida no trabalho e na vida diária A dor cervical chama-se cervicalgia e quando ela se irradia pelo membro superior (braço, antebraço e mão) recebe o nome de cervicobraquialgia. Como a dor é uma experiência subjetiva da atividade cerebral em resposta a uma lesão dos tecidos corporais, ela pode ter origem em diferentes causas. Mas basicamente estas lesões, liberam várias substâncias no local e na corrente sanguinea que chamamos de substâncias nociceptivas (provocam sensação de dor). Estas são captadas pelos nervos sensitivos (nociceptores) que levarão a sensação de dor ao cérebro. As cervicalgias e as cervicobraquialgias podem surgir por diversas causas como traumáticas, alterações mecânicas, doenças degenerativas, infecções, tumores, doenças glandulares (endócrinas e metabólicas), doenças neurológicas, psiquiátricas e dor referida (cuja causa não se localiza na coluna cervical) São dores causadas por carga exessiva ou prolongada sobre a coluna cervical. Normalmente ocorre nos ambientes de trabalho onde as pessoas suportam por longos tempos o peso de sua própria cabeça em posição de flexão e extensão (escriturários, costureiras, mecânicos, eletricista e outros) ou carregando peso sobre a cabeça como estivadores. Estas profissões produzem fadiga muscular, espasmo prolongado e atrofia dos músculos por circulação sanguínea insuficiente e dor O tratamento com acumpuntura visa descobrir a causa e aliviar a dor. Podemos tratar estas dores com a acupuntura, moxa, massagem e até ventosa, e o alivio é de imediato.! O tratamento complementar é feito também com uso de travesseiro adequado, medidas corretivas de postura na vida diária e chás . Os medicamentos mais usados são os analgésicos, anti-inflamatórios hormonais ou não hormonais, relaxantes musculares, psicofármacos. Mas vele lembrar que tenho experiência em tratar da cevical só com a terapia chinesa e obter a cura, claro que não sendo algo mais grave como um tumor.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Acupuntura e RPG Tratando de Hérnia de Disco

A hérnia de disco caracteriza-se pelo deslocamento do núcleo pulposo (parte central, arredondada e de consistência gelatinosa) do interior do disco intervertebral (fibrocartilaginoso) em direção ao canal raquidiano ou ósseo, mediante a ruptura de sua parte mais externa constituída de anel fibroso (que mantém o núcleo pulposo no interior do disco), resultando num quadro clínico neurológico de compressão das raízes nervosas ou raquidianas localizadas nesse nível. A manifestação da hérnia de disco é mais comum nos homens do que nas mulheres e na fase da degeneração discal, que ocorre entre os 30 e 50 anos de idade. Embora seja mais frequente na região lombar, a hérnia discal pode ocorrer também na região cervical e torácica; suas manifestações clínicas mais comuns são: lombalgia (sendo a hérnia de disco a causa mais frequente de todas as lombalgias), lombociatalgia (associação de dores lombares com uma nevralgia ciática) e síndrome da cauda equina (que parece ser a única situação de urgência cirúrgica no combate da hérnia de disco). O extenso nervo ciático, o qual se origina no plexo sacral, é o mais volumoso nervo do corpo humano, formado por várias raízes nervosas responsáveis pela inervação dos membros inferiores, estimulam os músculos e uma parte das regiões articulares dos membros inferiores, favorecendo a sensibilidade das coxas, pernas e pés. Na hérnia de disco, tal nervo pode ser afetado. A dor se irradia na direção dos membros inferiores. O percurso da dor dependerá das raízes nervosas comprometidas. A expressão “ciática” refere-se à dor persistente percebida ao longo do nervo ciático, que se inicia na parte inferior das costas e se irradia para as nádegas e pernas (tornozelos e, eventualmente, pés); é uma decorrência do comprometimento das raízes do nervo ciático. Os sintomas e sinais da hérnia discal são bastante variáveis e se alteram de pessoa para pessoa, de caso para caso; incluem: manifestação de dor (depende da região da coluna afetada e das raízes nervosas comprometidas); comprometimento do reflexo (patelar e Aquiles) e da marcha; diminuição da força muscular do membro inferior afetado (por comprometer a porção motora do nervo); e alterações da sensibilidade (parestesias, cãibras, dormência e fisgadas). O tratando com acupuntura em muitos casos pode ser alternativa feliz prá não se fazer uma cirurgia. Tive um caso de paciente que já estava muito grave a ponto dele estar andando de moletas e sem conseguir dormir de dor e com cirurgia já marcada, mas ele com medo quis tentar de tudo antes, tratei com acupuntura, moxa, massagem, aurícular e vemtosa durante alguns meses duas vezes por semana, e junto com este tratamento ele estava também fazendo RPG duas vezes, primeiro ele fazia o RPG, logo em seguida ele vinha para se tratar comigo, em pouco tempo ele pode voltar a ter uma vida normal sem dor e andar como antes, isso prá mim e a Fisioterapeuta de RPG foi uma trabalho realizado com sucesso. Como se pode ver a medicina Chinesa e o RPG juntos fazem um trabalho de equilibrio muito maravilhoso. Que isso possa servir de exemplo para aqueles que buscam a cura sem intervenção cirurgica.

TRATANDO A FIBROMIALGIA COM ACUPUNTURA



O termo fibromialgia refere-se a uma condição dolorosa generalizada e crônica. É considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono . No passado, pessoas que apresentavam dor generalizada e uma série de queixas mal definidas não eram levadas muito a sério. Por vezes problemas emocionais eram considerados como fator determinante desse quadro ou então um diagnóstico nebuloso de "fibrosite" era estabelecido. Isso porque acreditava-se que houvesse o envolvimento de um processo inflamatório muscular, daí a terminação "ite".

A partir da década de 80 pesquisadores do mundo inteiro têm se interessado pela fibromialgia. Vários estudos foram publicados, inclusive critérios que auxiliam no diagnóstico dessa síndrome, diferenciando-a de outras condições que acarretem dor muscular ou óssea. Esses critérios valorizam a questão da dor generalizada por um período maior que três meses e a presença de pontos dolorosos padronizados.
Reconhecida há apenas 10 anos, esta doença atinge mais mulheres acima dos 40 e ainda não tem cura, mas já pode ser tratada.

 formas de controlar e amenizar os efeitos desta doença:
  1. Exercícios físicos de baixo impacto (sobretudo caminhadas ou natação) para aumentar a produção da endorfina e melhorar a oxigenação muscular.
  2. Alongamento para aliviar a sensação de dor provocada pela contração muscular excessiva, comum em pacientes com fibromialgia.
  3. Acupuntura para melhorar a qualidade do sono, estimular a produção de serotonina e endorfina e combater a depressão e a ansiedade, e diminuição da dor.
  4. Redução das situações de estresse procurando fazer pequenas pausas de descanso ao longo do dia para evitar a fadiga.
  5. Técnicas de relaxamento: ioga, meditação, massagem, meditação, massagem e hidroterapia (a água também ameniza a dor).
Através da Acupuntura, da Massagem e do shiatsu, possibilita-se a diminuição das substancias tóxicas liberadas pela dor, pela ansiedade e o estresse restabelecendo assim o pH sanguíneo.
Relaxa a musculatura e libera endorfina (substancia do bem estar).
Traz beneficio meditativo, onde já que durante o tratamento o individuo é induzido a um estado de relaxamento profundo.
Restauraprofundamente o contato da pessoa com seu próprio ser, dando a ele a oportunidade de lidar melhor com as crises
A fibromialgia afeta até 1 em cada 50 pessoas. A maioria das pessoas com fibromialgia são mulheres. Porém, homens e crianças também podem ter essa desordem. A maioria das pessoas é diagnosticada durante a meia idade.

Pessoas com certas doenças podem ter maior probabilidade de ter fibromialgia. Essas doenças incluem:
  • Artrite reumatóide
  • Lupus eritematoso sistêmico
  • Artrite espinal
Mulheres que têm algum membro da família com fibromialgia possuem maior probabilidade de também sofrerem essa desordem.
Sintomas mais comuns:
  • Dor generalizada pelo corpo por, pelo menos, três meses.
  • Sono inquieto, superficial e não-restaurador (o paciente já acorda cansado).
  • Cansaço, perda de energia e diminuição da resistência a exercícios físicos.
  • Cólon irritado (diarréia alternada com prisões de ventre) e outras disfunções intestinais.
  • Formigamento e dormência nos braços, pernas, rosto e, sobretudo, nas mãos e nos pés.
  • Depressão de ansiedade crônicas.
  • Cefaléia.
  • Sensação de inchaço nas articulações.
  • Rigidez muscular.
  • Desconforto diante de mudanças.

 

Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: A lição do esquecimento

Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: A lição do esquecimento : ...