quinta-feira, 1 de março de 2012

Tratamento de Refluxo Gástrico com Acupuntura e Dieta.

No dia a dia  um número expressivo de pacientes se queixam de problemas digestivos. Na maioria estão relacionados com o refluxo gástrico.

As causas principais são:

1- Hábitos alimentares inadequados

É comum as pessoas deitarem após as refeições. Esse procedimento pode causar o retorno do alimento para o esôfago, que não suporta o Ph baixo dos sucos estomacais. A regra principal é deitar somente 2 horas após terminada a refeição. Quando quiser descansar, e não tiver tempo para esperar as 2 horas de segurança, procure dormir numa posição quase sentada, para evitar o refluxo estomacal.

2- Mal funcionamento do fígado

Neste caso existe uma grande controvérsia. A medicina científica só define patologia hepática somente quando as transaminases estão fora da normalidade. Mas, pelo diagnósticos da medicina chinesa ( pulso, língua...etc) pode-se diagnosticar a existência da disfunção hepática, mesmo que os exames laboratoriais insistam em indicar que está tudo bem. Alguns sintomas mais objetivos podem também serem observados como: boca amarga, dificuldade digestiva, insônia, irritabilidade emocional, vertigem, dores musculares e a fotofobia. A aversão à luz forte é um dos sintomas que está ligado aos distúrbios hepáticos.
Pois então vem a bomba principal: pela teoria chinesa, quando o fígado não funciona bem, tudo que chega ao estômago tende a voltar, ou seja produzir refluxo em graus variados. Numa situação mais grave, gera refluxo violento, como o vômitos. Numa disfunção moderada, o refluxo surge espontaneamente, mesmo que o paciente não esteja deitado. Ou seja, sentado ou na vertical, o refluxo pode aparecer a qualquer momento. Por fim, na disfunção hepática leve, pode não acontecer o refluxo, mas surgir náuseas antes ou depois das refeições.

3- Hernia de hiato
A hérnia de hiato é o deslizamento de uma pequena parte do estômago que passa, da cavidade abdominal para a cavidade toráxica. Em outras palavras, a hérnia hiatal é o resultado final e maléfico causado pelo refluxo gástrico crônico.

Tratamento:

O tratamento mais comum, quando existe a hérnia de hiato, é a indicação cirúrgica. Contudo, existe um caminho melhor: o tratamento pela acupuntura.
Primeiro é preciso detectar em que fase o problema se encontra. Pelas etapas descritas anteriormente, é possível corrigir o refluxo, por exemplo, apenas pelos hábitos alimentares, ou pelo tratamento do fígado.
Nesses casos, pode-se melhorar a função hepática com uma dieta mais leve, livre de gorduras saturadas, com menos uso de carne e bebidas alcoólicas. Também é indicado as plantas medicinais com características colagoas como o chá de boldo,ou espinheira santa, após as refeições.
Mas, se já existir a hérnia hiatal, acupuntura aplicada por um bom especialista, pode resolver o problema, e evitar a cirurgia.
Em todo caso, o mais importante é ficar atento aos hábitos alimentares. Mesmo se for o caso de optar pelo tratamento cirúrgico da hérnia hiatal, o paciente deverá cuidar da sua alimentação, e melhorar seus hábitos alimentares, porque o problema poderá voltar após a cirurgia.
Finalmente, para escolher o melhor caminho para tratar do refluxo gástrico é muito importante buscar ajuda de um médico  especializado no aparelho digestivo. Após um diagnóstico adequado, se quiser fazer o tratamento alternativo, sugiro  a acupuntura.
Pela acupuntura é possível curar o refluxo gástrico e a hérnia hiatal, sem cirurgia, e sem medicações alopáticas.

♥ De Coração a Coração ♥: RELATÓRIO DA ENERGIA PARA OUTUBRO DE 2017

♥ De Coração a Coração ♥: RELATÓRIO DA ENERGIA PARA OUTUBRO DE 2017 : RELATÓRIO DA ENERGIA PARA OUTUBRO DE 2017 Por Kate Spreckley 3 de O...